FormaçãoAcadémica
 
  • O Dr. Diego González Rivas é formado em medicina e cirurgia pela Universidade de Santiago de Compostela. Realizou a formação em Cirurgia Torácica e Transplante de Pulmão no Hospital Universitário de La Corunha. Após um ano a trabalhar no Hospital Universitário de Santiago, regressou ao Hospital Universitário de La Corunha. Actualmente é Cirurgião Torácico nesta unidade de saúde pública e um dos membros do programa de transplante pulmonar (um dos mais activos em Espanha, com 40-45 casos por ano). Foi o criador da Unidade de Cirurgia Torácica Minimamente Invasiva (UCTMI) que funciona no Hospital Quirón, em San Rafael e no centro médico HM Modelo. É igualmente criador e actual director do programa de treino vídeo toracoscópico Uniportal no Shanghai Pulmonary Hospital, na China (maior centro torácico do mundo com 10.390 resseções pulmonares realizadas só no ano de 2016)

 

  • O Dr. González Rivas integra múltiplos comités editoriais, supervisiona numerosas revistas científicas e foi coordenador do comité de congressos da Sociedade Espanhola de Cirurgia Torácica (SECT) de 2014 a 2017. Também colabora com actividades educativas da Sociedade Europeia (ESTS), EACTS e a Sociedade Internacional de Cirurgia Cardiotorácica Minimamente Invasiva (ISMICS). Possui o board de cirurgia torácica (FECTS) da Sociedade Europeia de Cirurgia torácica (ESTS) desde 2010. É membro de numerosas sociedades científicas com as quais colabora anualmente. Uma delas é a prestigiada American Association of Thoracic Surgery (AATS), onde foi eleito membro mais jovem da referida sociedade em 2016.

 

  • Começou a realizar cirurgia minimamente invasiva para resseções anatómicas (VATS) em 2007, depois de aprender a técnica no Cedars Sinai de Los Angeles com o Dr Rob Mckenna. Após ter realizado mais de 100 resseções pulmonares com a técnica de 3 incisões, visitou o centro médico de Duke na Carolina do norte para aprender a técnica de dupla incisão com o Dr. Thomas Damico. Uma vez adquirida experiência com esta técnica, fez evoluir a cirurgia pulmonar desenvolvendo a intervenção através de uma única incisão.

 

  • Foi o cirurgião pioneiro no mundo a realizar resseções anatómicas uniportais por VATS (primeiro caso em Junho de 2010), cirurgia pulmonar de incisão única em pacientes sem intubação e com respiração espontânea (primeiro caso em Abril de 2014) e também precursor na realização de resseções uniportais usando um braço robotizado articulado, sem necessidade de ajudante (primeiro caso em 2016). É igualmente especialista em resseções uniportais através do espaço subxifoideu ou subcostal (sem invadir o espaço intercostal) e em reconstruções pulmonares, bronco -vasculares e de carina ou traqueia mediante cirurgia minimamente invasiva uniportal. Publicou mais de 100 trabalhos científicos em revistas internacionais de referência, nas quais se descrevem estes procedimentos e os resultados dos mesmos. Editou, ainda, vários livros científicos, tendo também publicado numerosos capítulos para diversos tratados e Atlas de cirurgia torácica.