UmiCS

  • Professor Doutor Javier Gallego Poveda

    TRATAMENTO DA FIBRILHAÇÃO AURICULAR ENDOSCÓPICO

  • Professor Doutor Javier Gallego Poveda

    TRATAMENTO DA FIBRILHAÇÃO AURICULAR ENDOSCÓPICO

O QUE É A TRATAMENTO DA FIBRILHAÇÃO AURICULAR ENDOSCÓPICO

O Tratamento endoscópico da fibrilhação auricular ou Ablação Híbrida é uma cirurgia para tratamento da Fibrilhação Auricular de grau severo. É recomendado para pacientes que apresentam episódios frequentes de arritmia onde a ablação convencional e o uso de medicamentos não são eficazes para controlar ou fazer cessar estas ocorrências.

DESCRIÇÃO DO PROCEDIMENTO

O Tratamento endoscópico da fibrilhação auricular é feito através de procedimentos minimamente invasivos em centros de cirurgia cardíaca. Na primeira etapa do procedimento é feito um mapeamento dos pontos de geração dos impulsos elétricos regulares e irregulares. Este mapeamento também é chamado de Estudo Eletrofisiológico.

Após a identificação dos pontos, um cateter com uma pequena câmara na sua extremidade é introduzido na artéria femoral e é guiado até a aurícula esquerda. Outro cateter com dispositivos de geração de radiofrequência, laser ou frio intenso será introduzido através de pequenas incisões feitas entre as costelas do paciente.

O cirurgião criará pequenas cicatrizes que servirão como barreiras ou desvios que impedirão o caminho dos impulsos elétricos aleatórios. Algumas vezes, o estudo eletrofisiológico demonstra que há pontos irregulares que estão próximos das veias pulmonares. Nestes casos, é feito o isolamento elétrico do par ou de apenas uma das veias.

O tempo de permanência no hospital será de dois a três dias. O médico prescreverá uma série de instruções que o paciente deverá seguir após a alta hospitalar.

Estudos médicos recentes, publicados nos Estados Unidos e Europa, feitos a partir da recolha de dados obtidos durante o acompanhamento de pacientes submetidos ao Tratamento Endoscópico da Fibrilhação Auricular há mais de três anos, confirmam o sucesso deste procedimento. Os pacientes ficam livres do uso de medicamentos e dos internamentos clínicos para controle dos episódios, podendo voltar a praticar atividades físicas e aproveitar a vida com plenitude.

Quais os riscos da cirurgia?

Como as incisões são pequenas, o risco de infeções e hemorragias é mínimo.

Qual é o tempo de hospitalização e de baixa?

A duração do tratamento da fibrilhação auricular endoscópico é normalmente de 150 minutos. Os doentes têm alta ao final de 1-2 dias.
Em relação à atividade laboral, depois de 7 dias o doente já poderá regressar ao trabalho. Normalmente, a recuperação total de mobilidade é ao final de 1 semana e a realização de atividade física moderada 2 semanas.

Duração

> 150 min

Anestesia

> Geral

Internamento

> 1-2 dias

Baixa

> 1 semana

Recuperação

> 1 semana

Inibição de atividade física

> 2 semanas

SAIBA MAIS
SOBRE ESTE
PROCEDIMENTO

Marque uma consulta para esclarecer qualquer dúvida ou ligue-nos através dos nossos contactos

FALE
CONNOSCO

Envie-nos uma mensagem para esclarecer qualquer
dúvida ou ligue-nos através dos nossos contactos

Contactos  

Insira o seu nome nestge campo

Este campo é obrigatório

Insira neste campo o seu endereço de email

Este campo é obrigatório.

Escreva neste campo a sua mensagem.

Este campo é obrigatório.


Usamos o serviço Google Analytics para efeitos de análise estatística com o objectivo de proporcionar uma melhor experiência de navegação no nosso site, ao clicar em continuar concorda com o uso de cookies estatísticos. Para mais informações poderá consultar a nossa política de privacidade.