A hiperidrose consiste num aumento exagerado e desnecessário da sudorese, que afeta essencialmente as mãos, axilas e pés. O processo de transpiração é necessário para o controlo da temperatura corporal e é regulado pelo sistema simpático, no entanto, cerca de 1,7% da população tem um funcionamento inapropriado do mesmo, em que são enviados estímulos exagerados às glândulas sudoríparas que produzem uma sudorese intensa em determinadas zonas do corpo, traduzindo-se assim na hiperidrose. 

A forma mais comum e incómoda da hiperidrose é a que afeta as palmas das mãos, uma vez que cria problemas de relacionamento social (como cumprimentar com um aperto de mão), e condiciona a maior parte dos trabalhos (componente eletrónica, materiais delicados, estética, etc.).

A hiperidrose axilar é frequente e limita o doente na utilização de determinadas peças de roupa por deixar marcas visíveis, situação que condiciona o seu dia-a-dia. 

A hiperidrose cránio-facial é a transpiração excessiva na face e no couro cabeludo. Por ser impossível de “disfarçar” há, inclusive, doentes que deixam de realizar atividades diárias e que afirmam que a sua evolução a nível profissional é, inevitavelmente, afetada. 

Este problema cria inseguranças no momento de lidar com outras pessoas e a tendência mais comum é ocultá-lo. Está comprovado que a hiperidrose é uma alteração orgânica e não psicológica e, com o passar do tempo acaba por afetar psicologicamente quem sofre desta doença. As maiores dificuldades assentam nas relações sociais e afetivas, e no uso constante de lenços de papel para cumprimentar outras pessoas, escrever, utilizar o computador ou outros instrumentos de trabalho.

Procedimentos

Toxina botulínica

A toxina botulínica são injeções regulares utilizadas para tratar temporariamente a Hiperidrose nas regiões das axilas, pés, palmas da mão, crânio e face.

Ver procedimento

Simpatectomia

A Simpatectomia Torácica Superior Bilateral vídeo-assistida é o tratamento definitivo da hiperidrose. Este procedimento é conhecido já há algum tempo, no entanto, até há poucos anos não era possível realizar a cirurgia de forma simples e minimamente invasiva.

Ver procedimento

Tratamentos com Microondas

O MiraDry® é um aparelho que utiliza microondas eletromagnéticas para vaporizar e eliminar as glândulas sudoríparas écrinas e apócrinas das axilas. Foi o primeiro aparelho a obter aprovação da FDA para o tratamento definitivo da Hiperidrose Axilar.

Ver procedimento